6 dicas para planejar sua viagem a Curaçao

Quando comecei a pesquisar minha viagem para Curaçao me surpreendi muuuito com as informações que encontrei, pois eu tinha uma imagem bem diferente de lá. Na minha cabeça Aruba seria uma ilha muito maior e com mais coisas pra fazer e que Curaçao dava pra se conhecer em 2, 3 dias. E eu tenho a impressão que não sou a única que penso assim, e por isso vim contar realmente como é uma viagem para Curaçao pra te ajudar a planejar a sua sozinho.
 

Antes de mais nada, indico que nos siga no
Instagram @guiamundoafora que está super azulzinho!
Você também pode procurar pelas Tags #GMAemCuracao e #GMAnoCaribe 😉

 

COMO É CURAÇAO

Ela é a maior das ilhas do chamado complexo ABC (Aruba, Bonaire e Curaçao) e a que mais tem praias e coisas diferentes pra se fazer. Ok, estou especulando um pouco, pois não fui a Aruba, mas pelo o que pesquisei e ouvi os outros blogueiros falando, realmente parece ser.
A ilha é bem árida e seca (detalhe que realmente não esperava) e que me fez super feliz, pois fico mal humorada ao extremo em lugares muito úmidos. Meu cabelo fica igual ao da Mônica de Friends, quando ela vai pra Barbados, sabe?
 
Cabelo da Mônica com o efeito da umidade= igual ao meu! Foto: Google

Cabelo da Mônica com o efeito da umidade= igual ao meu! Foto: Google


 
Não só Curaçao, mas todo o ABC foi colonizado pelos Holandeses e ainda fazem parte de seu território, sendo chamadas de Antilhas Holandesas. Por isso não se surpreenda em ver mais holandeses e pessoas falando mais ‘dutch’ do que Papiamento, que é a língua local. Ela é uma mistura de holandês (claro), espanhol, inglês e até português! Se você se imaginar falando um português bem errado, da até pra entender a escrita das placas, olha:
 
papiamento viagem para Curaçao
 
Mas antes que você se desespere, acho que 90% da ilha fala inglês e arranha muito bem o espanhol, então a comunicação não é um problema.
 

A MOEDA PARA USAR NA VIAGEM PARA CURAÇAO

A moeda oficial se chama Florin, em português, ou Guilder, em inglês, mas o Dólar é aceito em ABSOLUTAMENTE todos os lugares. Até a tia que vende sanduíche na rua vai aceitar seu dólar, mas é provável que o troco venha em Guilder. Isso aconteceu algumas vezes comigo e eu nunca sabia se eles estavam me dando o troco certo, pois eu só jesus pra saber fazer essa conta! rs
 
Como é Curaçao
Para você ter uma ideia de como o dolar é uma das moedas, eu diria até oficial de Curaçao, quando você vai sacar dinheiro no caixa eletrônico ele te dá a opção de sacar em Guilder ou dolar!
DICA: Saque o grande montante em dolar, pois se sobrar você pode usar em outra viagem, e uma pequena parte em guilder para facilitar a questão dos trocos.
 
Cartões de crédito também são bem aceitos por toda a ilha, mas nós usamos muito dinheiro para pagar entradas das praias, nas vendinhas do centro e para dar gorjeta, que é um hábito comum nas viagens para Curaçao.
 

DIRIGINDO EM CURAÇAO

A ilha é longa e é ESSENCIAL alugar um carro nessa viagem para Curaçao, pois as praias são distantes e não da pra fazer nada a pé. Você pode dar uma olhada no nosso Guia de Praias de Curaçao, para ter uma ideia da distância e ver as fotos.
Nós rodamos bastante com um carro econômico, o mais barato que tinha na locadora, e apesar de ser meio velho (quase todos os carros da ilha são remendados) o bichinho aguentou bem e bebeu menos de um tanque durante uma semana inteira.
Você pode fazer a cotação do aluguel do seu carro com a gente e ainda ajudar o blog. Todas as locadoras são super confiáveis e o valor é debitado em real do seu cartão!
 
Carro em Curaçao

Marido e nosso carrinho verde exótico


 
Gente, dirigir em Curaçao é uma loucura! Se você já dirigiu em Madureira, lá no Rio, vai conseguir visualizar bem o que estou falando. Os motoristas parecem que não entendem bem como funcionam as regras de trânsito e tem gente jogando o carro em cima de você a todo o momento. Não estou dizendo isso pra você ficar com medo, mas sim atento. Se dirigir com cautela tudo dará certo!
A ilha não é super sinalizada, e sem um mapa é impossível se locomover. Como não tínhamos internet fora do hotel, nossa solução foi baixar um mapa offline em um aplicativo que quebrou MUITO o galho! Conseguimos chegar em todos os lugares que queríamos sem nos perder. Eu vou escrever um post sobre dirigir na ilha, aí conto direitinho tudo lá, inclusive sobre o app-salva-vidas.
 
O CENTRO DE CURAÇAO - WILLIEMSTAD

Ele é dividido em dois lados, separados por uma baía e uma ponte flutuante, chamada Queen Anna Bridge. De um lado temos Punda e de outro Otrobanda, cartões postais de viagem para Curaçao, com aquelas construções todas coloridas européias, sabe?
 
Centro de Curaçao
 
Ali no centrão, colado na ponte, você vai achar o Renaissanse Mall (o shopping da cidade), lojinhas para comprar souveniers e algumas opções de hospedagem. Achei essa área beeeem sem graça, pra te ser sincera, mas acredito que é importante entender essa divisão da cidade, pois você vai passar bastante por ali. Olha esse mapinha que montei, pra te ajudar a se localizar:
 
Mapa Curaçao

Clique pra ampliar


 
Do centrão (Punda e Otrobanda) até:

  • Kenepa Grandi (pra mim a praia mais bonita) – 30, 40 min de carro;
  • Jan Thiel (praia badalada e cheia de hotéis) – 20 min de carro;
  • Aeroporto – 10, 15 min de carro.

 

Kenepa Grandi Curaçao

Kenepa Grandi: praia super ‘must go’ de Curaçao


 
ONDE SE HOSPEDAR EM CURAÇAO

Se pensarmos no tempo que gastamos pra nos locomover no Rio e em São Paulo, percorrer a ilha de ponta a ponta não é nada, e qualquer lugar é perto, não é mesmo? Eu acho que qualquer hotel que fique desde aquela muvuquinha chamada Willemstad até onde marquei Jan Thiel Beach será bem localizado e você estará perto do centro, do comércio e dos melhores restaurantes. Dali fica fácil se locomover pra qualquer praia durante sua viagem para Curaçao.
Eu me hospedei em 3 hotéis diferentes nessa viagem (pra variar, saltitando): o Santa Barbara Golf Resort, o Floris Suits e o Saint Tropez.
 
 
CHIP DE INTERNET COM 10% DE DESCONTO

Já pensou em chegar no seu destino conectado? O chip da Viaje Conectado tem planos de dados ilimitados que funcionam em 140 países. É só colocar o chip e pronto! Compre com 10% de desconto automaticamente por esse link. Compre aqui!


 
 
O Santa Barbara fica em uma região bem mais afastada, lá pro sul depois de Jan Thiel, e não recomendo ficar ali. Não pelo resort, que era ótimo e escolhemos justamente por ser afastado e sossegado, mas sim porque aí você fica longe de tudo. Para cada jantar que você decida fazer fora do hotel são pelo menos 30 min pra chegar no centro, então definitivamente não é prático.
 
O Floris Suits, que fica em Otrobanda, foi meu queridinho dessa viagem! Ele está bem em frente ao Hilton e o Marriott, outros big resorts de Curaçao, divide a mesma praia com eles, é super bem localizado e tem um ótimo custo benefício. O hotel tem um clima super animado, com o staff mega descontraído e os serviços de primeira! Da uma olhada no Review completo de lá 😉
 
Banheiro Floris Suits

Olhem esse banheiroooooooo do Floris Suits!


 
O Saint Tropez fica em Punda, pertinho de vários restaurantes famosos e também foi uma bela opção de hospedagem. Ele inicialmente era somente um Ocean Club, que é um pequeno club onde você paga para utilizar a piscina (que é divina!) e passar o dia, e inaugurou sua parte de hospedagem há 1 ano e meio, com quartos amplos, alguns com vista para o mar. Pra quem prefere se hospedar em hotéis estilo ap, é uma ótima opção! Veja o Review completo.
 
Piscina do Saint Tropez Ocean Club

Piscina do Saint Tropez Ocean Club


 
Pra quem procura baladalação total, eu indico buscar hotéis na região de Mambo Beach, como o Sea Aquarium Resort ou em Jan Thiel, como o Papagayo Beach Hotel.
 
Curtindo a praia de Jan Thiel

Curtindo a praia de Jan Thiel


 
QUANTO TEMPO FICAR EM CURAÇAO

Definitivamente essa não é uma ilha para você passar 3 dias! Eu indico no mínimo 5 dias de viagem para Curaçao, e já digo logo que pra quem quer mergulhar mesmo é até pouco! Eu fiquei 7 dias, mergulhando dois completos para terminar minha certificação PADI, e não consegui ir a todas as praias que queria.

 

Mergulhar em Curaçao é indescritível!

Mergulhar em Curaçao é indescritível!


 
Pra vocês terem uma noção de roteiro:
Se você for visitar Klein Curaçao, que já falei nesse post, você vai usar um dia inteiro; Se fizer duas praias por dia, gastará no mínimo 3 dias para ver as principais; ainda temos o Park Nacional Shete Boka, pouquíssimo explorado e que eu indico DEMAIS a visita; se você curte trilhas, dizem que subir a montanha do Parque Nacional Christoffel te da uma vista sensacional de Curaçao (essa foi uma que não consegui fazer :/); além de outras atrações fora da praia como visita ao centro, ao Fort Nassau, Renassaince Mall e Hatos Caves.
 
Shete Boka Curaçao

O Parque Shete Boka é pouco visitado, mas absolutamente lindo!


 
E lembre-se sempre que opções de atividades aquáticas, pontos de mergulho e snorkel são inúmeros! Parasailing, Jet Ski tour, Stand Up Paddle Tour, passeio de barco ao por do sol, Flyboard….. ! Se você quiser fazer essas coisas com calma, não vai conseguir curtir mais de uma praia por dia na viagem para Curaçao.
 
Klein Curaçao: ilha imperdível!

Klein Curaçao: ilha imperdível!


 
Então, pros meus cálculos, pra curtir BEM a ilha, eu indicaria 5 dias no mínimo, 1 semana seria bom e 10 dias perfeito. Isso pode ser surreal para alguns, pois nem todo mundo tem muitas férias para dispor, mas como eu disse: esse tempo é o ideal pra fazer tudo com calma, aproveitando, relaxando e não correndo de um lado pro outro que nem um desesperado, pois, afinal, você está de férias no Caribe! Relax and enjoy 😉
 
LEIA MAIS

 
 

24 Comentários

  1. Olá Thaís, primeiramente parabéns pelo blog.
    Vou para Curaçao no próximo mês, gostaria de saber se é obrigatório o seguro viagem.
    Fico no aguardo do seu retorno,
    Obrigada, beijos.
    Erica

  2. Olá Thais!
    -Amei o post, obrigada pelas dicas!!
    Estou indo para Curacao e Aruba na próxima semana.
    Estou ajeitando a mala, e tem uma coisa que estou na dúvida que não estou consegui do encontrar em em nenhum blog.
    Dá para usar salto à noite?
    Imagino que como ninguém comentou, não tenha problema, mas gostaria de confirmar.
    Fui à Grécia recente, e esse assunto estava em todos os posts.
    Muito Obrigada!

    • Oi Mirella,
      que bom que está curtindo o blog 🙂
      Olha, eu não saí pra balada por lá, não sei te dizer ao certo, mas principalmente Aruba que é mais americanizado, acho que não teria problema não.
      Curaçao é um pouco mais rústico, praião mesmo.. Leva e vê no primeiro dia, mas se eu fosse você se preparava com umas rasteirinhas bonitinhas já!
      Beijão e boa viagem!

  3. Oi Thais, estou procurando informação sobre vistos de turista, mas está dificil de achar. Você pode me informar se brasileiros precisam de visto e no caso algum site pra eu pesquisar? Obrigada!

  4. Oi Tháís tudo bem?
    Eu queria saber se a nossa CNH aceita lá para alugarmos um carro e se também conta tempo de CNH?
    Porque a minha quando eu for vai estar recente =)

  5. Pingback: Roteiro de 5 dias em Curaçao | Guia Mundo Afora

  6. Pingback: Onde comer em Curaçao | Guia Mundo Afora

  7. Pingback: Onde se hospedar em Curaçao: Saint Tropez | Guia Mundo Afora

  8. Pingback: Indicação de hotel em Curaçao: Floris Suite | Guia Mundo Afora

  9. Oi Thaís. Obrigada pelas dicas! Quando irá postar sobre dirigir na ilha? Estou indo em novembro e pretendo alugar carro. Qual o app que vc usou? Aguardando ansiosamente as dicas! Obrigadas!

  10. Mas Thaís, me responde uma coisa. Eu não sou FÃ de praia. Gosto de ir, tomar um banho, observar, mas tipo, pra mim praia é tudo igual. Aí no caso de eu ficar no centro e quiser apenas ir em uma praia qualquer é preciso alugar um carro, ou existe ao menos uma praia que se possa ir andando do centro?

    • Então Uzi,
      aí você teria que se hospedar em um dos hotéis que tem praia em frente, porque senão não da mesmo.
      Tudo tem que pegar carro por lá. Mas se você pegar um hotel em Mambo Beach, Zan Thiel, o Floris Suits que recomendei tem praia em frente.
      Mas o ideal é alugar o carro pra poder visitar as praias super azuis que lindas que ficam mais distantes.

  11. Thaís, preciso ir a Curaçao desesperadamente! hahahahaha!
    Mas viagem internacional agora só na lua de mel, que será em setembro do ano que vem, daqui pra lá o dinheiro é todo pro casório =P
    Beijos!

  12. Wow!!! Nunca pesquisei nada sobre Curaçao mas não imaginava mesmo que tivesse tanta coisa assim pra fazer. Já dei boas risadas lendo esse post (sei bem como é ficar com o cabelo a la Monica kkk) e achei muito engraçado o idioma deles.
    Aguardo ansiosamente pelo post sobre o mergulho 😉
    Bjs