Machu Picchu, Peru – Passo a passo detalhado para ir por conta própria

Sem dúvidas o lugar mais visitado do Peru, Machu Picchu é o foco principal de todo viajante que está programando uma viagem pro país. Vou fazer aqui um passo a passo de tudo o que você precisa saber para programar sua visita a Machu Picchu Peru sem stress, para que tudo saia perfeito!

Nesse post vamos ver a melhor época para viajar, como comprar ingressos para a cidadela, como faz para chegar de trem e muito mais.

++ Leia mais sobre quanto custa uma viagem para Machu Picchu
++ Descubra como é viajar com o trem Vistadome

machu picchu peru
Ô, lugar lindo!

Como o post está grande, clique aqui no tema específico que você quer ler, para facilitar:

COMO ORGANIZAR UMA VIAGEM PARA MACHU PICCHU, PERU?


Quando comecei a pesquisar minha primeira visita a Machu Picchu, nunca tinha lido nada a respeito antes, e confesso que fiquei bem perdida com tantos nomes de montanhas, opções, mudanças de regras e tudo mais.

Quantos dias eu preciso? Subo Huayna Picchu ou Machu Picchu? Não subo nada? Como chego?

Calma! Esse texto vai servir como post índice para tudo que já falei no blog sobre Machu Picchu, mas farei um resumão consolidado aqui. É só clicar nos links específicos para ler mais detalhes e se faltar algo, grita nos comentários que te ajudo 🙂

ONDE FICA MACHU PICCHU?


Antes de mais nada, é importante saber a real localização de Machu Picchu para entender a sua “missão” pra chegar lá. A viagem começa a partir de Cusco, passando por Águas Calientes (a cidade base para explorar as ruínas) e enfim, Machu Picchu.

Não há voos diretos do Brasil para Cusco, então normalmente fazemos uma parada em Lima (onde você pode tirar uns dias pra conhecer a capital), e em seguida seguimos para Cusco de avião, que é a forma mais rápida e segura.

++ Em breve texto sobre o que fazer em Lima em 1 dia

COMO CHEGAR EM MACHU PICCHU NO PERU?


De Cusco, a forma mais rápida e confortável para chegar em Águas Calientes é de trem! Existem duas empresas que operam esse trecho, a Peru Rail e a Inca Rail, e eu já testei as duas!

De trem

As passagens não são baratinhas (entre $50 e $300 dólares), mas o trajeto é lindo. O tempo no trem varia de 1:45h a 4 horas de trajeto. Se você for fazer outras trilhas pelo Peru, como eu, vale a pena pelo conforto. Foi meu momento de descansar 🙂

Para resumir todo o seu trajeto saindo do Brasil, você vai fazer:

Voo do Brasil > Lima
Voo de Lima > Cusco
Trem de Cusco > Águas Calientes
Ônibus de Águas Calientes > Machu Picchu

Trilha Inca

A outra opção é fazer a famosa Trilha Inca de 42km em 4 dias, voltadas mais pra quem busca aventura e se conectar com a natureza e história do país! O fim da trilha já é dentro de Machu Picchu, então você já chega de cara para a recompensa maior!

Para quem tem interesse em fazer a Trilha Inca, mas acha 4 dias demais, existe a opção de fazer uma “trilha pocket” de somente 2 dias, passando só pelas partes mais bonitas de paisagens! É mais rápido e mais barato.

++ Leia aqui cada detalhe de como chegar e estações para pegar o Trem para Machu Picchu.

QUANDO IR PARA MACHU PICCHU NO PERU?


Uma das perguntas que vocês mais fizeram nas redes sociais! A época do ano com certeza faz toda a diferença na sua visita a Machu Picchu, porque ninguém está a fim de visitar as ruínas com chuva, não é mesmo?

A melhor época para visitar Machu Picchu seria entre Maio e Setembro que é inverno no Peru e período das secas, sendo Julho e Agosto super alta temporada.

Cidadela de machu picchu
Mesmo no inverno, estava calor!

Eu visitei exatamente entre Julho e Agosto nas 2 vezes que fui, e o clima estava ótimo. Da pra ver até pela minha roupa na foto acima que rolou um calor.

Acho que Maio é o mês ideial, pois você aproveita o tempo seco e evita horda de pessoas. Eu não sofri tanto, confesso, mas porque estava muito bem programada e com um bom guia.

++ Expliquei com mais detalhes no texto Quando ir para Machu Picchu - melhores meses e temperaturas
SEGURO VIAGEM COM 16% DE DESCONTO

Aqui no blog nós indicamos a Real Seguros como a melhor comparadora de seguros e com o preço imbatível! Eles tem um atendimento de primeira e vão estar ali pra te ajudar em qualquer situação. Comprando aqui nesse link você ganha 16% de desconto! automaticamente.

QUANTOS DIAS FICAR? ROTEIRO EM MACHU PICCHU


Com essa quantidade de trajetos, é moleza ficar confuso sobre quantos dias você realmente precisa para visitar Machu Picchu. O melhor roteiro para mim seria esse:

1º dia – Voo Brasil – Lima (dia para curtir a Capital)
2º dia – Voo Lima – Cusco – Trem para Águas Calientes (pernoite)
3º dia – Visita a Machu Picchu (pernoite em Águas Calientes)
4º dia – Trem de Águas Calientes a Cusco
5º dia – Cusco
6º dia – Voo Cusco – Lima – Brasil

visita a Machu Picchu no Peru
Machu Picchu de manhãzinha

Para mim, o ideal é dormir 2 noites em Águas Calientes, para curtir o ponto alto da sua viagem com calma:

  1. Na primeira noite você descansa em Águas Calientes para chegar a Machu Picchu no dia seguinte de manhã, fresquinho.
  2. A segunda noite serve para você não ter preocupação durante a sua visita. Imagina só ter que sair correndo de MP para ter que pegar o trem pra ir embora? Eu não curto…

E porque eu indico ir direto para Machu Picchu sem parar em Cusco na ida? Simplesmente por causa da altitude. Machu Picchu fica a 2.430m de altitude, enquanto Cusco fica a 3.400m. Visitar Machu Picchu primeiro faz seu corpo aclimatar, para você não passar mal. Na volta você pode curtir Cusco que merece demais 1 ou 2 diazinhos!

Não subestime os efeitos da altitude. Eles são sérios, podem não só estragar sua viagem como, em casos mais extremos, causar acidentes sérios!

++ Expliquei aqui todos os efeitos da altitude no corpo e como se cuidar

E SE EU QUISER FAZER BATE E VOLTA?


Eu entendo quem viaja com pouco tempo, mas não recomendo fazer bate e volta de Cusco para Machu Picchu para diminuir o tempo da viagem, pelos motivos acima. Acho que correria não combina com viagem dos sonhos.

Mas se você não tem meeeesmo 1 semana para fazer esse roteiro, deixa eu te explicar como cortar uns dias para conseguir visitar Machu Picchu mais rápido (lembrando que eu acho que é mega correria, ein!).

Você pode pegar o trem para Águas Calientes bem cedinho, explorar as ruínas de Machu Picchu e voltar nos últimos trens para Cusco no mesmo dia. Da para fazer, mas você precisa cronometrar tudo e saber que vai ser cansativo.

peru Rail VistaDome
Trem até Águas Calientes VistaDome

Com essas dicas, você vai conseguir reduzir seu roteiro para um feriado prolongado:

1º dia – Voo Brasil – Lima (dia para curtir a Capital)
2º dia – Voo Lima – Cusco (dia para curtir Cusco e pernoite)
3º dia – Trem de Cusco – Águas Calientes – Visita a Machu Picchu – Trem Cusco
4º dia – Voo Cusco – Lima – Brasil

Você pode comprar as passagens de trem direto nos sites oficiais, ou comprar já a ida e volta juntas, em uns pacotinhos bem legais que a GYG oferece, e a empresa que eu confio. Assim você tem certeza que as duas passagens vão ser emitidas juntas, sem erro.

Ida e volta de trem VistaDome

Essa é a opção menos sofrida. Seu trem vai sair às 8:53 de Ollantaytambo e chegar em Águas Calientes às 10:40. Aí você curte Machu Picchu de manhã até o fim da tarde, e pega o trem de volta às 18:10, chegando em Ollantaytambo às 20:00.

Lembrando que, de Cusco até Ollantaytambo são mais 2 horas de carro e você precisa reservar um transfer na ida e na volta, por $40 dólares.

Fica corrido, mas os horários são descentes. E fora que o Vistadome tem os janelões enormes, e da para ir curtindo a viagem de trem!

>>> Reserve aqui a ida e volta com o trem VistaDome por $186 dólares

Ida e volta de Trem Expedition

Com essa opção seu trem vai sair às 7:45 de Ollantaytambo e chegar em Águas Calientes às 9:30. Você tem muito mais tempo para curtir Machu Picchu (até demais!), e pega o trem de volta às 21:50, chegando em Ollantaytambo às 23:30.

Lembrando que, de Cusco até Ollantaytambo são mais 2 horas de carro e você precisa reservar um transfer na ida e na volta, por $40 dólares.

Como eu disse, da para fazer, mas você vai acordar muuuuuito cedo e voltar muito tarde.

>>> Reserve aqui a ida e a volta com o trem expedition por $120 Dólares

Expedition trem para Machu Picchu
Interior do trem Expedition

Bate e volta com guia

Se você ficou inseguro e achou complicado fazer todas essas reservas e trechos sozinho, tem também a opção de fechar uma mini excursão bate e volta com um grupo.

O guia vai te buscar no seu hotel em Cusco, te levar até Ollantaytambo, vocês vão pegar o trem e depois fazer a visita guiada em Machu Picchu de 2hs. Depois vocês pegarão o trem de volta a Ollantaytambo, e por fim te deixarão no seu hotel em Cusco!

Sem dúvidas é uma forma um pouco menos cansativa, já que você só senta lá e alguém te leva.. haha O chato é que eu acho que não fica muito tempo em MP.

>>> Reserve aqui o bate e volta com o grupo por $330 dólares (já com a entrada de MP incluída)

++ Nesse texto eu falo bastante das vantagens e desvantagens de fazer o bate e volta

ONDE FICAR EM ÁGUAS CALIENTES


Se você decidiu seguir minha recomendação e dormir em Águas Calientes por 2 dias (ou pelo menos 1), é importante saber onde se hospedar por lá.

A cidade é bem pequena, mas o ideal é escolher um hotel pertinho da estação e da saída de ônibus, para facilitar sua vida e você andar o mínimo possível.

Eu me hospedei no hotel SUMAQ, que é um 5 estrelas maravilhoso localizado do lado da estação de trem e a 5 minutos do ponto de ônibus para subir o santuário, quase all inclusive. Contei a experiência com muitas fotos aqui no review do hotel.

Mas aqui vão outras dicas de hotéis em várias categorias, todos bem localizados:

lobby hotel sumaq
Lobby do hotel SUMAQ

Essas são minhas dicas de hospedagem em Águas Calientes. A localização é um dos pontos chave para escolher seu hotel na região, já que chegará em horários mais confusos, e ninguém quer perder tempo de sono se locomovendo, né?

De todos esses hotéis você consegue ir a pé tanto pra estação de ônibus (que usaremos pra subir Machu Picchu), quanto pra estação de trem. Essa era umas das minhas maiores dúvidas enquanto organizava minha hospedagem em Machu Picchu!

COMO SUBIR DE ÁGUAS CALIENTES ATÉ MACHU PICCHU?


Ok, você dormiu em Águas Calientes, então agora como chega na cidadela de Machu Picchu? Existe um ônibus que em 30 min te deixa exatamente na porta de entrada de MP. O ponto de saída é quase em frente a estação de trem, impossível não achar.

Você pode comprar o ônibus quando chegar lá, mas recomendo reservar com antecedência já a ida e volta, chegar com tudo resolvido e fugir das filas para comprar! Você vai receber o bilhete via email, e é imprescindível imprimir e ter ele em mãos no dia. Não pode ser no celular.

Os ônibus rodam de 5:30 às 15:30 de Águas Calientes até Machu Picchu e de 6:00 às 17:30 de Machu Picchu até Águas Calientes.

ônibus machu picchu
Fila do ônibus para subir Machu Picchu

O ônibus é com ar condicionado, e conforme vai enchendo, vai saindo, meio que por ordem de chegada. Mas atenção! Após a mudanças de regas em 2019, você só pode entrar na fila do ônibus 1h antes do seu horário de entrada em MP.

Ou seja, não adianta ter seu bilhete de entrada em MP marcado para às 10:00 e querer entrar na fila do ônibus às 7:00, ok? Tem um fiscal que fica organizando a fila.

++ Leia mais detalhes e dicas no texto sobre ônibus até Machu Picchu

DA PRA SUBIR MACHU PICCHU A PÉ?


Sim, é possível não pegar o ônibis e subir Machu Picchu a pé! São 4 km de subida em escada por uma trilha bem demarcada, que pode demorar de 1:30 a 2:00 h de andança, dependendo do seu ritmo.

O lado bom é que você faz um exercício e economiza uns trocados. O lado ruim é que nem todo mundo está disposto (ou pode) fazer esse esforço. Eu já fiz a descida a pé e demorei 1:30h. Cansa bastante e, sinceramente, não vale a pena pela economia. Só se você for um trilheiro de plantão que gosta dessas aventuras!

trilha até Machu Picchu
Trilha para subir até Machu Picchu a pé

COMO COMPRAR INGRESSOS PARA MACHU PICCHU


Você já percebeu que visitar Machu Picchu requer planejamento. Para manter a preservação do local para as gerações seguintes, há um controle do número de pessoas que visitam a cidadela por dia. Por isso é preciso comprar seu ingresso com dia e hora marcados com o maior tempo de antecedência possível, e pela internet ou uma agência local.

Comprando com o GYG, os ingressos são oficiais, você recebe o ticket no email automaticamente e pronto. Já tem tudo resolvido!

machu picchu peru
Todo mundo quer ver isso!

Existem 3 tipos de ingressos que você pode comprar para entrar em Machu Picchu:

A entrada comum para Machu Picchu costuma ser mais fácil de agendar, e independente da época do ano é provável que você consiga sem problemas. Mas se pretende subir uma das montanhas, aí o negócio começa a ficar mais complicado.

++ Leia em breve o passo a passo para comprar ingressos de Machu Picchu

SUBIR OU NÃO SUBIR HUAYNA PICCHU?


Dúvida cruel! Nunca entendi direito se valia a pena subir as montanhas…fiquei bem perdida com os nomes e sem entender muito bem a estrutura, então deixa eu te resumir:

A estrutura toda de Machu Picchu no Peru, se resume basicamente em 3 partes. É como se fossem as “atrações” que tem lá dentro, sabe? São elas:

  • Machu Picchu propriamente dito, que é onde você visita as ruínas da cidade Inca, das fotos clássicas que sempre vemos;
  • Huayna Picchu que é aquela montanha bicuda que aparece nas fotos;
  • Montaña Machu Picchu, que é outra que dá vista ao complexo todo.

Você pode comprar o ingresso simples de Machu Picchu e só visitar a cidadela, ou comprar o ingresso que permite você fazer a trilha até o topo de uma das 2 montanhas.

Assim é a subida da trilha da montaña. Tem trechos mais estreitos e mais abertos para “barrancos”

Porque é tão difícil de conseguir ingressos para as trilhas? Porque são somente 400 ingressos para subir Huayna Picchu e 800 para subir a Montaña, por dia.

E porque as pessoas querem subir as montanhas? Para ver Machu Picchu lá de cima e ter uma vista mais ampla. Eu não consegui vaga para Huayna Picchu, então subi a Montaña. Sinceramente? Achei dispensável. Talvez Huayna Picchu que é mais famosa valha a pena, mas eu acho que se você não é super fissurado por trilhas, não suba montanha nenhuma. A magia de Machu Picchu está lá em baixo nas ruínas!

Caso você já esteja decidido e queira subir, compre com muuuuuita antecedência, pois os ingressos esgotam rápido. Clique nos links abaixo para garantir:

++ Expliquei com detalhes como são as trilhas das 2 montanhas nesse texto pra você fazer sua escolha.

O SEGURO VIAGEM É NECESSÁRIO?


Gente, levem isso a sério e não deixem de fora da sua programação. Nenhuma viagem deveria ser feita sem seguro viagem, mas principalmente para um lugar como o Peru, onde você pode passar mal de altitude. 

Tenho uma amiga que tem uma história bem chata de ter desmaiado em Machu Picchu por conta da altitude e ter quebrado o maxilar com a queda. Ela diz até hoje que garadece muito por ter tido seguro e que não viaja sem de forma alguma… 

Não dê mole, se previna, e viaje mais tranquilo. Eu indico a Real Seguros que faz cotação em várias empresas diferentes. Se você cotar nesse meu link aqui você ganha 15% de desconto. E nesse link você ainda ajuda o blog a se manter de pé aqui dando dicas 🙂

É PRECISO TER UM GUIA PARA VISITAR MACHU PICCHU NO PERU?


Não é obriogatório, mas altamente recomendado. Grande parte da beleza e grandiosidade de Machu Picchu está na sua história. Não ter alguém especializado para te contar cada detalhe, ao meu ver, é uma economia sem sentido. Acaba virando só um lugar fotogênico, sabe?

Se existe um lugar para ter um guia, esse lugar é Machu Picchu! hahaha

Existem guias que ficam na porta de entrada abordando os turistas para fechar grupos, mas mais uma vez, adivinha? Eu prefiro me planejar com antecedência! rs

Indico fechar aqui o guia para Machu Picchu em português por 2 hs, por apenas $25 dólares por pessoa! O único porém é que precisa de no mínimo 2 pessoas, ok?

QUAL A ALTITUDE DE MACHU PICCHU? É MUITO ESFORÇO FÍSICO?


Outra grande dúvida é se qualquer um consegue visitar Machu Picchu. Bem, eu diria que quase qualquer um. Ser você não for fazer nenhuma das montanhas, fique tranquilo, você não precisa ser nenhum crossfiteiro.

Você vai subir e descer escadas dentro da cidade Inca, mas nada surreal. Vai com calma que todo mundo chega lá. Mas o lugar é zero acessível para deficientes de mobilidade. Da uma olhada no estilo de escadas:

esforço físico machu picchu
Aqui você consegue ver como são as escadas que você vai subir e descer durante sua visita

Mas lembre-se! Machu Picchu está a 2.400m de altitude, e você pode se sentir cansado, com falta de ar e tontura. Vá devagar, respeite seu corpo e beba MUITA água, mesmo sem sentir sede. Isso faz toda a difenrença para você se sentir bem durante a viagem.

QUE ROUPAS USAR EM MACHU PICCHU?


Não tem muito mistério no que levar na mala dessa viagem. Você não precisa de bota de trilha, nem nada muito especial. Claro que se você for subir Huayna Picchu, é interessante estar com um tênis bem confortável e anti derrapante, mas eu não diria que precisa comprar uma bota pra isso, ok?

Se for de manhã cedinho, leve casaco porque vai estar frio, mas use sempre por baixo uma regata. Nas 2 vezes que fui a MP, mesmo no inverno, no meio da visita já estava morrendo de calor e já tinha tirado tudo 😂

Roupas para machu picchu
Um casaco assim já te salva de manhã cedo!

Se você viajar no verão (época das chuvas), vale a pena levar um casaco impermeável para não ficar todo encharcado, caso você dê azar com o tempo.

CÂMBIO EM MACHU PICCHU PERU


Outra informação importante é saber que moeda levar na sua viagem! No Peru a moeda oficial é o Sole, e na maioria das vezes vale mais a pena levar Dólar do que Real para fazer seu câmbio.

Tanto em Cusco quando em Machu Picchu há casas de câmbio, e no aeroporto de Cusco a cotação em Agosto de 2019 estava:

  • 1 dólar = 3,20 Soles
  • 1 Real = 0,68 Soles
++ Leia mais dicas de como trocar moeda no Peru nesse texto

AGÊNCIA DE BRASILEIROS NO PERU – PACOTES


Se depois de tudo o que contei aqui, você decidiu que não quer organizar sua viagem sozinho, fique tranquilo! Minha dica é a Machu Picchu Brasil, uma agência de brasileiros especializada no Peru. Os caras entendem muito sobre o destino e tem um atendimento maravilhoso!

Eles vendem não só pacotes fechados para Machu Picchu, como pra outras regiões do Peru, e personalizam para você, dentro das suas necessidades. E CLARO, que meus seguidores tem desconto, né?

É só preencher o formulário abaixo pedindo uma cotação sem compromisso, que você garante nosso descontinho!

Faça aqui a cotação com a agência Machu Picchu Brasil e garanta nosso desconto especial! Basta preencher o formulário abaixo:

MACHU PICCHU, PERU – DICAS FINAIS


Nossa, depois de toda essa jornada, você acredita que ainda tenho mais dicas guardadas na manga? hahaha São besteirinhas, mas que valem sempre a pena lembrar 😉

  • Para subir até Machu Picchu você vai precisar apresentar seu RG ou passaporte (RG serve, CNH, não, ein!)
  • Não deixe de imprimir o bilhete do ônibus e a entrada de Machu Picchu, você precisa ter isso em papel.
  • Leve uma mochila com bastante água e algo pra beliscar. Não existe nenhuma loja dentro de MP, NADA!
  • Ah, também não tem banheiros, tá? rs Assim que chegar, vá no banheiro lá fora, que custa 2 Soles, e depois tem que segurar. Mas não vale deixar de beber água por causa disso 😡 Você precisa se hidratar por causa da altitude!
  • Se conseguir organizar com seu guia, primeiro suba tudo para fazer fotos com o lugar mais vazio, e depois vá descendo pra ouvir as explicações.

Ufa, acho que é isso! Se ainda ficou alguma dúvida, me conte aqui nos comentários que te ajudo com prazer 🙂

Me conte sua dúvida ou experiência