10 paisagens imperdíveis no Atacama no Chile que vão te convencer a ir agora!

O Deserto do Atacama no Chile já caiu na graça dos brasileiros há um bom tempo, e mais e mais pessoas querem conhecer esse lugar incrível. Se você ainda não é uma delas e precisa de convencimento, vou te mostrar 10 paisagens no Atacama que vão mudar isso rapidinho! agora se já decidiu, este post é um guia básico do que há de mais legal em San Pedro do Atacama.

++ Conheça a melhor agência do Atacama e como fechar seus passeios
++ Veja o passo a passo para programar sozinho sua viagem pro Atacama

Laguna Tebinquiche, Atacama, Chile
Eu amei a Laguna Tebinquiche para fotos <3

SOBRE O DESERTO DO ATACAMA NO CHILE


Não é nenhuma novidade que as paisagens do Atacama estão entre as minhas favoritas no mundo. São formações rochosas em vários tons de marrom, lagunas lindonas com azul tipo Caribe e até geysers… Neste post dá para ter uma ideia de como lá é fotogênico. E visitar o deserto mais árido do mundo não é um bicho de sete cabeças e os preços não são tão altos como muita gente imagina: se você se planejar dá para ir de boa. Eu já fiz até um post falando sobre quanto vai gastar no deserto Atacama.


Como eu já falei em outros posts, a empresa parceira responsável por organizar esses rolês superlegais no Deserto Atacama é a FlaviaBia Expediciones

Geyser del Tatio Atacama
Os Geysers del Tatio são demais não são?

O QUE FAZER NO ATACAMA NO CHILE + PAISAGENS INCRÍVEIS


Como eu sou uma ótima blogueira, fiz um resumo com fotos dos meus passeios favoritos do Deserto do Atacama. É um mix entre as lagunas mais legais, alguns atrativos meio secretos e os clichês indispensáveis.

LAGUNAS ESCONDIDAS



Sim, você vai ver lagunas com a cor tão azul quanto do Caribe! Esse tom incrível de azul vem da concentração de lítio nas lagunas. Mas apesar da beleza típica de destino tropical, a temperatura da água é bem diferente. Ela é tão gelada que só os corajosos realmente conseguem enfrentar, ainda mais no inverno. E sabe o que é mais louco? A concentração de sal é tão alta que não te deixa afundar. Mais salgado que o mar morto!

++ Leia tudo sobre o passeio das Lagunas Escondidas

paisagens no Atacama Lagunas Escondidas
Lagunas Escondidas

LAGUNA CEJAR


Essa é outra laguna que não afunda pela concentração de sal na água. Mas pra mim, o mais incrível desse lugar é o visual do Lincancabur, esse vulcãozão aí atrás que é um dos principais símbolos das paisagens no Atacama! De quebra, a Laguna Cejar não exige muito em relação à altitude, então é uma boa opção para o primeiro ou segundo dia no Deserto do Atacama.

++Leia tudo sobre o passeio da Laguna Cejar

Licancabur
O mais bonito da Laguna Cejar é essa vista do Licancabur

QUEBRADA KEZALA


Fora do circuito turístico, mas não menos incrível. A Quebrada de Kezala foi um dos lugares que vi as cores mais fortes e mais laranjas do Atacama, perto do pôr do sol. Sim, mais forte que o tradicional Valle de la Muerte!

Geralmente as agências de turismo de San Pedro do Atacama, levam os turista para um trekking pela área. Vá com sapatos confortáveis para andar e um jaquetinha por causa do vento. A caminhada costuma ser tranquila e dá para fazer paradinhas para fotos

Paisagens no Atacama Qubrada Kezala
Quebrada Kezala, sem filtro!

GEYSERS DEL TATIO

Se você nunca viu um geyser na vida, fique tranquilo, no Atacama tem! E não é qualquer um não: são os Geysers del Tatio, que estão entre os 3 maiores do mundo, e vão fazer muita presença nas suas fotos, pode ter certeza.

Como eles estão a 4.480m de altitude, melhor deixar o passeio nos dias finais da viagem, quando já estiver de boa com a altitude do deserto do Chile. Também se prepare para o frio, pois a saída do hotel é de madrugada para ver os geysers em ação logo cedo, quando os jatos podem chegar a 80 metros.

++ Leia mais sobre como arrumar sua mala para o Atacama Especial Meninas
++ Saiba mais detalhes sobre o passeio dos Geysers del Tatio

Temperatura dos Geyser del Tatio
Look do dia quentinho para curtir os geysers do Atacama

DUNAS DO VALLE DE LA MUERTE


As formações rochosas deste vale e do Valle de la Luna são o principal cartão postal do Deserto Atacama no Chile. Dá para caminhar de boa, fazer trekking mais intenso e tirar muitas fotos durante o passeio pela região. E tem mais: você sabia que além do passeio comum do Valle de la Muerte é possível fazer Sandboard ou descer correndo as imensas dunas de areia do cenário? Basta combinar com a agência que vai te levar até lá.

Dunas do Valle de la murte
Descida em dunas no Valle de la Muerte

LAGUNAS ALTIPLÂNICAS


Mais lagunas de azul intenso por conta da composição mineral. Clássicas, mas imperdíveis, as lagunas Miscanti e Meñiques tem montanhas, vulcões e formações rochosas como moldura para fotos incríveis. Geralmente, as agências que levam até lá preparam um piquenique com drinks de frente para este cenário – nada mal né?!

++ Leia mais sobre o passeio para as Lagunas Altiplânicas

Lagunas Aitplânicas
As clássicas Lagunas Altplânicas!

LAGUNA LEJÍA

Esta laguna, na verdade, não é uma atração por si própria: ela é a primeira parada antes do passeio para subir o vulcão Lascar. Ali, rola uma pausa estratégica para tomar café da manhã com essa vista – e obviamente dei uma escapadinha para tirar umas fotos. Normalmente para ver essa beleza, só mesmo como um pit stop no caminho para subir o vulcão, mas garanto que é um dia incrível para curtir o Atacama no Chile!

++ Veja como é o passeio ao vulcão Lascar, passando pela Laguna Lejía

Lagunas Lejía paisagens no Atacama
A água da Laguna Lejía é um espelho <3

GARGANTA DEL DIABLO


A galera gosta de ir lá andar de bike, pois são menos de 10km do centrinho de San Pedro do Atacama no Chile – na rua Caracoles tem várias empresas de aluguel de bicicleta – até a tal Garganta del Diablo. Mas, assim, parece que não é molezinha pedalar no deserto, não. Eu fui a pé e já fiquei super impressionada com a imensidão do lugar. São várias paredes enooormes e a sensação, ás vezes, é de estar num labirinto.

Gargante del Dibalo

VALLE DE LA LUNA


Parece até cena de filme de ficção científica, mas a foto abaixo é de um entardecer bem normal do Valle de la Luna no Deserto do Atacama. Pessoalmente é ainda mais inacreditável, se é que isso é possível. Eu já fui algumas vezes para esta região, as primeiras em tours regulares parte de carro e parte caminhando; outras num trekking mais pesado que vai até pontos menos turísticos do Valle. Indico as duas, vai depender da sua disposição, o importante é não deixar de ir.

++ Confira tudo sobre o trekking no Valle de la Luna

Por do sol rosado no Valle de la Luna
Por do sol rosado no Valle de la Luna

TERMAS DE PURITAMA


Para fechar as dicas sobre Atacama no Chile, vamos falar  de um passeio para relaxar! As Termas de Puritama estão em uma área protegida, como quase tudo em San Pedro do Atacama, e possuem 8 poços de águas termais morninhas, com temperatura de aproximadamente 30 graus. Para ficar nadando de boa, especialmente nos poços da parte mais baixa, como o 7, que estão sempre mais vazios.

++ Confira mais detalhes sobre as termas do Atacama

flutuando no Termas de Puritama
a vida é boa por aqui

QUANDO IR PARA O ATACAMA NO CHILE?


O Deserto do Atacama no Chile é um destino para conhecer o ano todo, mas fiz post para ajudar você a escolher a melhor época para viagem. Além disso, na hora de montar o roteiro, lembre-se que o Atacama fica entre 2.500 a mais de 5 mil metros acima do nível do mar dependendo do lugar: nos primeiros dias faça programas tranquilos, como a Laguna Cejar, para o o corpo se adaptar à altitude do deserto. E como sempre falo, viaje tranquilo com Seguro Viagem para qualquer eventualidade -lembrando que leitor do blog tem desconto com nosso parceiro.

E aí, te convenci a visitar o Atacama? 😃

LEIA MAIS

9 Comentários

  1. Pingback: América do Sul: conheça 6 destinos incríveis para viajar | Dicas de Viagem

    • Oi Lika,

      setembro é meia temporada no Atacama, nem tanto frio nem tanto calor, é ótimo, já fui nessa época.
      10 dias está ótimoooo! Se você não fizer trekking fica até muito, na verdade. Mas se você gosta de caminhar, vai aproveitar demais o deserto.

      Beijos!

    • Oi Lika,

      setembro é meia temporada no Atacama, nem tanto frio nem tanto calor, é ótimo, já fui nessa época.
      10 dias está ótimoooo! Se você não fizer trekking fica até muito, na verdade. Mas se você gosta de caminhar, vai aproveitar demais o deserto.

      Beijos!