Visitando e comprando tickets para o Park Guell em Barcelona

O Park Guell é um dos meus pontos turísticos favoritos em Barcelona. É uma das obras mais fantásticas de Gaudí, famoso arquiteto catalão que tem seus trabalhos espalhados pela cidade, que deve ser visitada! É inclusive patrimônio da UNESCO. Chic, né?

Pensando em roteiro, acho importantíssimo começar por ele logo pela manhã, por ser o mais distante, o mais cheio e o mais lindo 🙂 
Talvez chegando cedo você consiga pegar ele um pouco mais vazio.


Vista de cima do parque.



COMPRANDO TICKETS
A entrada desse parque era gratuita. As duas vezes que visitei não paguei nadinha para entrar, mas infelizmente agora você deve comprar seu ticket =(
É chato saber que agora estão cobrando, pois quando se viaja para Europa são inúmeras entradas e muito dinheiro para visitar os pontos turísticos. Mas é de se entender: com a entrada, provavelmente o parque ficará mais vazio e mais preservado, o que é bom para todos.

Comprando online, o ticket sai por €7 e você imprime seu ingresso em casa. Caso prefira comprar nas bilheterias no local, é somente €1 mais caro. Porém saiba que na compra online você deve marcar o dia e hora de sua visita, que deve ser respeitado. 

São muitos horários disponíveis e acho que não haveria muito problema de chegar e comprar na hora, mas quando se trata de disponibilidade para ver uma atração, eu, Thaís, prefiro reservar e ficar tranquila que não baterei com a cara na porta lotada. Mas, fica a seu critério 🙂

Compre o ticket do Park Guell online. As regras são as seguintes:
  • Você deve visitar o parque no dia e hora marcados;
  • Há uma tolerância de 30 min de atraso;
  • O ticket pode ser comprado com 3 meses de antecedência.

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO

Para se programar saiba certinho os horários de funcionamento em 2014:

  • Outono/inverno, de 27/10 a 23/03, o parque funciona de 8:30 às 18:00;
  • Primavera/verão, de 24/03 a 30/04, está aberto das 8:00 às 20:00 e
  • Primavera/verão, de 01/05 a 26/10, se estende das 8:00 às 21:30.
Mas tenho que dizer que é beeeeem mais bonito visitá-lo durante o dia. Os raios de sol iluminando aquela arquitetura colorida é indescritível.
SEGURO VIAGEM COM 10% DE DESCONTO

Aqui no blog nós indicamos a Real Seguros como a melhor comparadora de seguros e com o preço imbatível! Eles tem um atendimento de primeira e vão estar ali pra te ajudar em qualquer situação. Comprando aqui nesse link você ganha 10% de desconto! automaticamente.



 

Parede de azuleijos no ParckGuell.



CHEGANDO NO PARK GUELL

As duas maneiras mais indicadas de chegar no Parc Güell, na minha opinião, são de metrô ou de ônibus turístico, esses sightseeings, que inclusive eu super recomendo de se pegar.

Indo de metrô, você vai saltar na estação Vallcarca, e logo na saída há várias placas indicando o caminho, é bem fácil. Mas o Parque não fica logo do lado da estação não, você vai andar um pouquinho. Como ele fica no alto, prepare-se para subir umas ladeirinhas, mas nada demais, pois tem várias escadas rolantes no meio da rua para facilitar sua chegada! 🙂


Subida SEM escadas rolantes.




VISITANDO O PARK GUELL
Acho super válido fazer o trajeto com uma garrafinha de água e talvez até levar uns biscoitinhos, caso de fome lá em cima. Há um restaurante lá dentro, mas imagina os preçinhos, né?

Assim que chegar, você já vai estar de encontro com uma vista maravilhosa da cidade!


Vista da chegada no Park Guell.


Há várias entradas para o Parque, mas chegando de metrô as placas te indicam para essa, da vista. Lá dentro, há muita área verde, e você deve descer ela todinha para chegar na parte das construções coloridas.


Caminhando dentro do parque.


Lá dentro você encontra um restaurante e uma lojinha de souvenier bem cara. Recomendo comprar lembrançinhas do lado de fora, nas lojas da região. Não são baratinhas não, mas mais baratas que as dentro do parque.



Construções lindas no interior.

Sem dúvidas a foto mais difícil de se tirar é a com o lagarto, ícone do parque. Mesmo no inverno (essas fotos são de janeiro) é quase impossível tirar uma boa foto ao lado dele, pois tem sempre alguma criança empuleirada ou mil pessoas brigando por um espaçinho. Essa foi a melhor que consegui, mas também quase o tapei, né! rs

A foto com o lagarto: a mais difícil.


Infelizmente eu não tenho muitas fotos. Estava bem cheio e era muito difícil um lugar para fotografar, e eu acabei me estressando um pouco..rs 
Por isso indico ir bem cedo, assim que ele abre, para tentar pegar uma calmaria, pois à tarde… só jesus!
Alguma dica interessante para acrescentar?
Conte-me! 🙂
LEIA MAIS

 

Me conte sua dúvida ou experiência