Roteiro de trekkings no Atacama: descubra o deserto de forma raíz!

Sim, gente, eu vou voltar ao Atacama pela terceira vez. 🙊 Mas em minha defesa, aquele desertão é interminável e quanto mais eu conheço, mais quero explorar! Dessa vez vou mostrar pra vocês um roteiro super diferente, basicamente de trekkings no Atacama, nada turístico e voltado completamente para aventura e aqueles que gostam de explorar os lugares de maneira raiz…rsrs Deixa eu explicar:

 

Antes de mais nada, não deixe de nos seguir no Instagram @guiamundoafora
para ver todas as fotos das minhas viagens ao Atacama.
Você também pode procurar pela Tag #GMAnoAtacama 

 

15 dias no Atacama

 

A IDEIA DA VIAGEM


Quando voltei a San Pedro de Atacama em Junho de 2016, saí de lá já com a ideia de fazer uma viagem especial de vulcões na cidade, para subir 4 (vulcões e montanhas, na verdade), bem diferente de tudo que você já possa ter visto por aí! Eu ia fazer o vulcão Lascar, mas acabei passando muito mal de alguma infecção que peguei antes, e não pude ir…

Aí pensei: quer saber? Quando eu voltar vou fazer um monte de vulcão, mas nada desses turísticos que todo mundo sobe, como Lascar e Toco, quero coisa diferente, quero o Licancabur!! O Licancabur, nada mais é que o vulcão mais lindo do Atacama (em minha opinião) e aquele que você vê sempre nas fotos:

 

Licancabur

Licancabur! Eu vou lá no topo, acreditam?

 

AS SENSAÇÕES

O bicho tem quase 6.000 metros de altitude, e te toma 2 dias para subir e descer. É preciso uma super aclimatação e mais preparo do que a gente pensa, porque por mais que você treine bastante, corra e faça mil coisas, o esforço de subir uma montanha e caminhar por 6 horas seguidas em altitude é completamente diferente. Pega. Dói.

Mas sabe o que achei mais bizarro de todo o final dessa experiência? Isso vicia! Exercício vicia, trekking vicia, paisagens lindas viciam. Existem tantos lugares incríveis que só podem ser visitados depois de horas de caminhada, às vezes dias! Eu finalmente consegui entender o porque algumas pessoas passam 1 semana inteira caminhando pra chegar a um lugar. A recompensa é inexplicável.

Depois de fazer diversos teekking no Atacama, por mais que às vezes eu sentia que ia morrer, quando conseguia chegar no topo e finalizar o desafio a sensação de conquista era tão incrível que eu esquecia toda a dor que estava sentindo e queria partir pro próximo. Parece coisa de louco, né? Mas apesar de ter mais desequilíbrios, eu juro é super normal! hahaha

Bem, mas para conseguir alcançar os 4 vulcões e ver o Chile do alto de várias formas diferentes, eu preciso de tempo para aclimatar e preparar meu corpo para tanta altitude, e por isso montamos um roteiro de 15 dias no Atacama.

 

Teremos diversos trekkings de aclimatação, todos diferentes da rota turística que se vende nas agências por aí, em um programa super especial que a FlaviaBia Expediciones montou pra mim!

 

Roteiro de 15 dias no Atacama

Trekking Machuca Rio Grande – 4 horas de caminhada

 

O GUIA

Todos os meus passeios no Atacama sempre foram feitos com a Flavia, não só porque o serviço dela é incrível e atencioso, mas por isso: além do programa básico vendido, eles montam roteiros especiais e privados para você. Além do mais, ela está sempre buscando novidades para incluir no programa do dia a dia para oferecer coisas novas para vocês, e por isso estou indo explorar esses 15 dias no Atacama. Sou cobaia de coisa nova 😂 Mas é coisa boa, claro!

 

Se você também quer fazer trekkings no deserto, peça aqui uma cotação para a brasileira Flavia e garanta um desconto especial por ser meu leitor  É só preencher esse formulário!

 

Faça aqui a cotação com a agência Flavia Bia Expediciones e garanta nosso desconto especial! Basta preencher o formulário abaixo:

 

Bem, o guia de montanhas que trabalha com a Flavia, o Elias, vai nos acompanhar nessa jornada de 15 dias no Atacama e dar todas as dicas de roupas, formas de subir, respiração, tudo para fazermos os trekkings e vulcões de maneira mais confortável possível. Se você tem dúvidas nisso, não deixe de contar aqui nos comentários e eu vou esclarecendo tudo com ele, ok?

 

Flaviabia Expediciones Atacama

Café da manhã com FlaviaBia Expediciones – tudo fresquinho!

 

ROTEIRO DE 15 DIAS

O roteiro está sujeito a modificações, claro, até porque nosso corpo vai dizer até onde conseguimos ir ou não e temos que saber respeitar esses limites, mas inicialmente, será isso que vou fazer:

 

Dia 01 – Trekking Valle de la Luna  (leia aqui sobre o passeio comum do Valle de la Luna e Muerte)

Dia 02 –  Trekking cornisas Valle de la Muerte

Dia 03 – Trekking Rio Grande/Machuca

Dia 04 – Geyser com trekking Copacoya

Dia 05 – Cerro Kimal (1ª montanha a 4.200 m de altitude)

Dia 06 – Treeking Salar de capur / Piedras rojas (Leia aqui sobre o passeio comum de Piedras Rojas)

Dia 07 – Vulcão soquete (2º vulcão)

Dia 08 – Descanso

Dia 09 –  Passeio de balão 💜 e descanso

Dia 10 – Sairecabur (3º vulcão a 5.900 m de altitude)

Dia 11 – Relax no Termas de Puritama (Leia sobre o passeio)

Dia 12 e 13  – Licancabur (4º vulcão, o gigante com quase 6.000 m de altitude)

Dia 14 – Descanso

 

Ufa, né? Confesso que estou um pouco nervosa porque nunca fiz uma viagem tão intensa assim, mas animada para conhecer meus limites e, claro, ver paisagens lindas que só o Atacama tem!

 

Termas de Puritama

Já quero relaxar no Termas de Puritama, mas dessa vez vai ser sem marido..

 

A ideia dessa desses 15 dias no Atacama é montar uma webserie mostrando as subidas, as dúvidas de vocês sobre material, aclimatação e tudo mais, para ajudar qualquer um que tenha vontade de fazer vulcões, mas não faz por medo. Claro que vou contar tudo aqui no blog também, porque prefiro escrever, mas preciso das dúvidas de vocês!

 

Falem nos comentários o que querem ver, e vou mostrar com o maior prazer 🙂

 

Amanhã sigo para Santiago e quero ver todo mundo acompanhando pelo Ig e stories @guiamundoafora e meu Canal no Youtube, ein!!

 

Eu vou estar conectada com os chip da Easysim4U que já contei aqui como se compra, para sair do Brasil com o chip e pousar em Santiago já com internet. Depois falo como foi a conexão no Atacama, ok?

 

Meu seguro viagem fiz com a Seguros Promo, que é minha de confiança e possui o melhor preço! Não viaje sem, gente, ainda mais para lugares como o Atacama. Já falei mais sobre a importância do seguro aqui.

 

Até maaaaaais!
LEIA MAIS

 

2 Comentários

  1. Thaís que aventura massaa!! Boa viagem e boa sorte!
    Seria massa um seguidor/leitor/fã nessa com você em alguma trip, tipo eu assim kkkkkkkkk
    Quanto as perguntas: que tipo de amenidades levar? Como se preparar (fisico ou mentalmente) ? Quantidade e como armazenar água? Que tipo de comida levar?
    Acho que só hehe… Vou deixar o resto pro pessoal perguntar