Tailândia: como chegar, quando ir, onde visitar!

Fazer uma viagem para Tailândia é o sonho de muitas pessoas. Alguns querem visitar suas lindas praias, outros se encantam com os templos e tem quem vá só pela a curtição. Seja o motivo que for, esse é um dos pontos fortes da Tailândia: ela agrada a todos e tem de tudo!

Se você quer explorar a Ásia, mas não sabe por onde começar, acredito que a Tailândia seja uma ótima porta de entrada, justamente pela diversidade de atrações, estilos e passagens baratas!

 

Indico nos seguir no Instagram @guiamundoafora
para ver todas as fotos da nossa viagem na Tailândia e no sudeste asiático.
Você também pode procurar pela Tag #GMAnaTailandia ou #GMAnaAsia 😉

 

Viagem para Tailândia

 

Planejar uma viagem para Tailândia não é complicado! Dos países que visitei no sudeste asiático, a Tailândia foi o mais fácil para se comunicar, trocar dinheiro e todos esses detalhes que “assustam” quem não está acostumado a ir para tão longe. Em compensação, por causa desse desenvolvimento, é um país mais “caro”. (Coloque muuuuitas aspas nisso, pois ela é cara comparada a outros países do sudeste asiático, mas sem dúvidas é uma viagem que pode ser hiper barata)

 

1. QUANDO IR PARA TAILÂNDIA?

Olha, acho que essa é a decisão mais importante que você vai ter que tomar durante o planejamento da sua viagem para a Tailândia. O país sofre com as monções (a época das chuvas) e pegar essa fase pode estragar MESMO sua viagem.

Não subestime e ache que vai ser uma chuvinha à toa ou que você pode dar sorte. Claro que a sorte está aí para aparecer para alguém, rs, mas conhecidos que vivem lá já me contaram casos de passar 2 meses seguidos de chuva, sem aparecer a luz do sol. Acho que não queremos isso, né?

A época mais segura para viajar para a Tailândia é entre Novembro e Fevereiro, onde a maior parte das regiões do país não estarão no período das monções.

 

Quando fazer uma viagem para Tailândia

 

Mas olha, a Tailândia é cumpridinha e banhada por dois mares diferentes (Andaman e Golfo da Tailândia), então a época de chuvas podem mudar dependendo das cidades que você for visitar. O ideal é separar bem o roteiro que você gostaria de fazer e pesquisar mais afundo esses detalhes, para não correr riscos! Indico o texto do 360 meridianos, que está bem completo.

 

Detalhe: eu fui pra Phuket na primeira semana de dezembro e peguei 6 dias inteiros de chuva. Quando damos azar, damos azar, não tem o que fazer… 😭

 

2. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Visto

A notícia boa é que não é preciso de visto para fazer uma viagem para Tailândia! Brasileiros podem chegar no país sem pagar nenhuma taxa e só enfrentar a imigração. Mais um ponto positivo, pois esses vistos hoje em dia estão caaaaros, que só Jesus…

 

Vacina da Febre Amarela

Em compensação, você precisa ter o Certificado Internacional de Vacinação com a vacina de Febre Amarela. E eles são MUITO rigídos com isso.. você não tem noção. Antes mesmo de se dirigir ao balcão de imigração, procure um stand chamado ‘Health Contol’ (anote isso para não perder tempo na fila e ter que voltar!).

Lá você mostrará seu Certificado, e só após eles te darem um carimbinho dizendo que sua vacina está ok que você pode seguir para realmente entrar no país.

 

Health Control Tailândia

Pare aqui nos aeroportos da Tailândia antes de ir na Imigração!

 

>> Não sabe como tirar ao Certificado? Já contei tudo em outro texto sobre a vacina da Febre Amarela.

 

Seguro Viagem

Não é obrigatório para entrar na Tailândia, mas altamente recomendado. Gente, eu não quero nem pensar o que seria quebrar a perna em um país asiático e não ter seguro, mas a maioria dos casos é de diarréia mesmo.. hahah

Muita gente não aguenta a pimenta da comida e acaba virando o corpo do avesso. Melhor receber atendimento médico, tomar um soro e seguir para a apróxima barraquinha de rua 😅 (porque você não vai deixar de comer, né? rs) Leia mais sobre o seguro viagem aqui e cote em várias seguradoras ao mesmo tempo. Juro que é uma economia burra sair sem! #ficaadica

 

Aluguel de carro

Para conseguir bons preços na hora de se hospedar a melhor estratégia é pesquisar em sites comparadores como o Booking, que super confio! Busque hotéis ou apartamentos que se encaixam no seu perfil, veja as qualificações e notas e escolha um lugar bacana que caiba no seu bolso.

 

 

3. COMO CHEGAR NA TAILÂNDIA

A porta de entrada no país é Bangkok! Não só para sair e entrar na Tailândia, mas para rodar dentro do sudeste asiático muitos voos acabam fazendo escala lá, principalmente nas cias low cost! Se você tem suas datas de férias um pouco mais livres, fique de olho nas promoções que pipocam por aí, pois hoje em dia dá para pagar barato para chegar em Bangkok e fazer uma viagem para a Tailândia.

 

Minha viagem saiu por R$2.600,00, voando de Emirates e com stop over de 4 dias em Dubai. (Lembra quando pagávamos isso para ir para a Europa???)

viagem para Tailândia Ayutthaya

Marido em Ayutthaya

 

4. QUE CIDADES VISITAR NA TAILÂNDIA?

Ô, país enorme e cheio de atrações esse, viu? Dá para passar um mês brincando fazendo uma viagem para Tailândia, e por isso é bem difícil escolher que cidades visitar. Eu tinha 17 dias e escolhi 6 cidades, mas ficou um mega gostinho de quero mais. Escolhi cidades próximas de Bangkok, que podiam ser visitadas de ônibus, e não tão conhecidas por brasileiros:

 

  • Bangkok (2 dias)
  • Ayutthaya (1 dia, bate e volta)
  • Hua Hin (3 dias)
  • Kanchanaburi (2 dias)
  • Pattaya (3 dias)
  • Phuket (6 dias)

 

Dê um zoom no mapa para se situar melhor, e clique nos pontos para ver os nomes das cidades:

 

 

Mas a Tailândia tem muito mais a oferecer, e se eu fosse vocês pesquisaria também os destinos que já estão na listinha para minha próxima viagem:

Muitas pessoas incluem no roteiro Chiang Mai e Chiang Rai, que está dentro do circuito mais turístico, além do Golden Triangle que também está ao Norte.

 

Khao Sam Roi Yot National Park

Khao Sam Roi Yot National Park : meu ponto de desejo próximo a Hua Hin

 

Em relação a praias, quero conhecer as ilhas de Phi Phi, Railay Bay, Koh Samui e Koh Kood, que não tive a oportunidade de ir.

Sem dúvidas também ficaria mais tempo em Bangkok, pois não conheci NADA. Passei mil vezes na cidade, sempre para pegar um busão ou voo para outro canto, mas nunca para fazer turismo. Mas como a cidade é uma porta de entrada muito forte para a Ásia em geral acabei não dando prioridade, mas minhas pesquisas apontam 5 dias lá facilmente.

 

4. COMO SE LOCOMOVER DENTRO DA TAILÂNDIA

Para rodar dentro do país eu usei muuuuito busão e minivans, vocês não tem noção de como é barato. Com R$20,00 você percorre distâncias de 3 ou 4 horas de estrada e as rodoviárias costumam ser bem localizadas. Para viajar para as praias do sul (Phuket, Phi Phi, Koh Samui) e para o Norte (Chiang Mai e Chiang Rai) o avião economiza muito tempo e não costuma ser caro. >> Contei cada trecho que passei com valores e dicas de como escolher o melhor transporte para rodar na Tailândia nesse texto.

 

ônibus para rodar dentro da Tailândia

Interior do ônibus que foi de Bangkok para Hua Hin

 

6. IDIOMA E COMUNICAÇÃO NA TAILÂNDIA

Fiquei bem impressionada como as pessoas falam inglês por lá. Claro, que nem todo mundo bate papo, e se você for pegar um táxi provavelmente não conseguirá se comunicar bem, mas dá pra se virar tranquilamente durante sua viagem para Tailândia. Muito melhor que Japão e na China, por exemplo.

 

Mas não deixe de levar um print do endereço que você quer chegar escrito em tailandês. Sempre que o negócio apertava, eu mostrava pro motorista e consegui pegar um táxi em qualquer lugar! Mas se pegasse na porta do hotel, pedia pra algum funcionário explicar para onde eu queria ir, assim não passava sufoco desnecessário.

 

Mas assim, galerinha, não se prenda muit com a essa coisa da lingua, não. Você não deve deixar de viajar para lugar algum no mundo pela barreira do idioma: a mímica está aí para ser usada e o Google também 🙂

 

7. INTERNET

Por isso que eu sempre viajo com meu chip da EasySim4U para tudo quanto é canto do mundo. Ele pega em 140 países e você já sai do Brasil com ele. Pisou no aeroporto, já conecta o celular e faz todas as pesquisas que precisar!

A conexão foi aceitável durante minha viagem para Tailândia, não vou dizer que foi a melhor do mundo não, mas eu usava de boas mapas, Waze, Whatsapp, fazia pesquisas etc. Agora, subir vídeo e ficar de bobeira horas no instagram, aí já era mais lento para carregar.

Outra vantagem é que você não precisa trocar de chip caso visite outros países na mesma viagem (ele só não funciona em Mynamar). Veja aqui melhor a respeito do chip e comprando no blog você ganha frete grátis 😉

 

Viagem na Tailândia Muay Thai

Você TEM que ver uma luta de Muay Thai em Phuket!

 

7. SEGURANÇA E ROUBADAS

Achei a Tailândia um país bem seguro no geral, e não tivemos nenhum incidente. Mas olha, o povo lá já é mais esperto. Provavelmente ninguém vai chegar com uma faca para te assaltar, mas furtos podem rolar facilmente, então não dê bobeira!

Agora, o que você tem que ficar com os olhos bem abertos é para não te passarem a perna com os preços durante sua viagem para Tailândia. Nós fomos “assaltados” na saída do aeroporto quando pagamos 600 Baht por uma corrida que depois descobrimos que custava 200.

Contei esse e outros casos de roubadas que você pode evitar nesse texto aqui.

 

8. QUE MOEDA LEVAR E CÂMBIO

Se você for pro sudeste asiático, leve dólar, não tem o que pensar! Nesse texto aqui falei mais sobre câmbio e estou atualizando o valor, fique de olho.

 

Com esse passo a passo fica fácil começar a planejar sua viagem para Tailândia e vamos explorando mais detalhadamente os assuntos com o passar do tempo. Caso queiram falar de algo específico, deixe sua marca nos comentários do GMA e eu tento dar prioridade 🙂

 

LEIA MAIS

 

Me conte sua dúvida ou experiência